EUA instalará duas baterias Patriot em Jordânia

O governo dos Estados Unidos aprovaram a instalação de duas baterias de mísseis anti-aéreos Patriot na fronteira de Jordânia com a Síria, informou hoje o jornal árabe Asharq Al-Awsat, citando a mídia jordana.

Segundo essa fonte, a futura instalação de unidades de mísseis  em Jordânia é a resposta a um pedido feito em 22 de março pelas autoridades jordanas ao presidente Barack Obama, durante  a sua viagem ao país árabe. Também acrescenta que as referidas baterias poderão ser destacadas em Jordânia desde Catar e Kuwait.

Quarta-feira passada, o secretário de Defesa dos EUA, Chuck Hagel, anunciou o envio de um contingente de 200 efectivos militares norte-americanos para a Jordânia com o objetivo de se prepararem para uma eventual ação militar na Síria.

Igualmente, afirmou que o Pentágono tem planeado ampliar o número das suas forças na região a “20.000 ou mais se é necessário”.

Anteriormente, outras baterias Patriot da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) foram destacadas na Turquia a pedido do governo turco.

Baterias de mísseis Patriot em Jordânia

Ankara expressou a necessidade de que as suas fronteiras fossem protegidas por estes aparatos anti-mísseis, sob pretexto de um possível ataque desde Síria. Após o envio de seis baterias de mísseis Patriot á fronteira turco-síria, diferentes países, entre os quais Irã, Rússia, China e Síria, manifestararam duras críticas à decisão da Aliança Atlântica

Síria desde faz mais de dois anos sofre distúrbios provocados por grupos armados financiados e patrocinados por alguns países ocidentais e da região, os quais mediante acções terroristas procuram facilitar uma intervenção estrangeira no país árabe para derrocar o governo de Damasco.

Fonte: HispanTV

Tradução: sionismo.net

, ,

Comments are closed.