Noam Chomsky: EUA esforça-se por destruir o mundo

O filósofo, professor catedrático, ativista norte-americano pro direitos civis e especialista em relações internacionais Noam Chomsky afirmou que Estados Unidos está-se esforçando para destruir o mundo inteiro.

“Pela primeira vez na história da raça humana, desenvolvemos claramente a capacidade de nos auto-destruir. É assim desde 1945. Agora, finalmente, se reconhece a existência de processos a longo prazo, como a destruição ambiental, que vão nessa direção”, declarou Chomsky no seu último ensaio, publicado em Tomdispatch.com.

O acadêmico norte-americano também declarou que ao contrário dos países de maioria indígena, como Bolívia e Equador, que se dedicam a proteger a natureza, as sociedades ricas como os EUA e Canadá “correm a toda a velocidade” para destruir o meio ambiente.

Noam Chomsky

Depois de lamentar que os Estados Unidos não tenham aprendido nenhuma lição da Crise dos Mísseis de Cuba em 1962, que foi denominado o momento mais perigoso da história pelo historiador norte-americano Arthur Schlesinger, Chomsky denunciou os “ameaçadores” exercícios militares de Coreia do Sul e EUA na península coreana.

“Nós os veríamos como ameaçadores se ocorressem no Canadá e fossemos o alvo”, acrescentou.

Em outubro de 1962, após o descobrimento por parte dos Estados Unidos de bases de mísseis nucleares soviéticos em território cubano, o então presidente norte-americano John F. Kennedy, decretou o estado de alerta máximo para as Forças Armadas dos EUA, o que implicou que o mundo estivera a ponto de entrar numa grande guerra nuclear.

Tradução: SionismoNET

Fonte: HispanTV

,

No comments yet.

Deixe uma resposta

Leave your opinion here. Please be nice. Your Email address will be kept private.