O papel do FBI em ataques terroristas nos EUA.

Continuam as investigações nos Estados Unidos da América sobre a existência de vínculos dos autores do atentado de Boston com setores radicais. Paralelamente, muitos analistas se perguntam qual foi o papel do FBI, uma vez que se sabe que um dos suspeitos foi investigado por essa agência.

As investigações sobre os ataques terroristas em Boston indicam que o FBI teria conhecimento das atividades de Tamerlan Tsarnaev, o mais velho dos dois irmãos suspeitosos.

Segundo o colunista de “Mother Jones” e autor do livro “A Fábrica do Terror”, o FBI decidiu deixar de vigiar Tsarnaev e centrar-se numa operação de vigilância sobre outro suspeito com planos para fazer explodir um avião com controlo remoto sobre o capitólio.

FBI

Rezwan Ferdaus recebeu dinheiro do FBI para comprar um avião Sabre F-86 em miniatura, entregaram-lhe 25 libras de explosivos C-4, três granadas e seis espingardas AK-47. O suspeito foi preso e acusado de planear um acto terrorista. Este especialista em inteligência afirma que ocorrências deste tipo são bastantes frequentes.

Em outro caso ocorrido em Washington, em fevereiro de 2012, o marroquino Amine el Khalafi foi preso num parque de estacionamento quando ia receber armas e colete com explosivos de supostos militantes de Al-Qaeda, que na realidade eram agentes do FBI disfarçados, que durante mais de um ano vinham convencendo El Khalafi, para a missão de despenhar um avião no capitólio.

Durante os últimos vinte anos foram muitos os casos em que o próprio FBI revelou a sua participação em operações ocultas. Porque razão esta agência do governo dos Estados Unidos está interessada em instigar e fabricar terroristas?

A chefia do comité de Segurança Nacional do Senado está exigindo uma investigação completa da relação do FBI com os recentes acontecimentos de Boston.

Autor: Alfredo Miranda, Washington.

Fonte: HispanTV

Tradução: Sionismo.net

,

Comments are closed.