Porta-aviões norte-americano abandona o Golfo Pérsico

A Marinha dos Estados Unidos informou sobre o regresso de um dos seus porta-aviões presentes no Golfo Pérsico, o que implica uma redução temporária da presença militar na região. 

Segundo a informação divulgada esta quarta-feira por oficiais da Marinha norte-americana, o porta-aviões ‘USS Nimitz’, com uma tripulação de quase seis mil homens e umas 90 aeronaves, abandonará a zona devido a um problema mecânico. 

porta-aviões norte-americano

Deste modo, Washington reduzirá de dois para um o número dos seus porta-aviões por um período de dois meses, naquela zona do planeta, uma diminuição sem precedentes desde outubro de 2010. 

A Marinha informou que esta alteração não tem qualquer relação com o recente conflito entre o regime de Israel e o Movimento de Resistência Islâmica de Palestina (HAMAS) ou qualquer outra ameaça de segurança ou outros planos de contingência, senão unicamente o desgaste da frota. 

Contudo, este assunto não parece ser tão simples, uma vez que os Estados Unidos e seus aliados têm previsto realizar uma gigantesca manobra militar em dezembro de 2012, uma demonstração militar que se efetuará em referidas águas com apenas um porta-aviões, o ‘USS John C. Stennis’.

,

Comments are closed.