Protestos em Los Angeles por discriminação contra comunidades afro-americanas.

Protestos contra discriminação racial nos EUA

Centenas de norte-americanos e líderes de organizações de direitos civis congregaram-se esta quinta-feira no exterior de uma igreja no sul de Los Angeles para protestar pelo aumento de casos de discriminação contra as comunidades afro-americanas. 

À concentração, patrocinada pela Associação Nacional para o Avance da Gente de Cor (NAACP), também assistiram os familiares de dois adolescentes afro-americanos recentemente assassinados pela polícia e guardas armados. 

O reverendo Al Sharpton e o reverendo Jesse Jackson além de pedirem justiça e tolerância, exigiram que o governo tome medidas destinadas a por fim à violência racial nos Estados Unidos. 

Em 26 de fevereiro, Trayvon Martin, afro-americano de 17 anos, morreu assassinado por George Zimmerman, um vigilante voluntário branco numa urbanização situada no estado de Flórida. 

Zimmerman foi posto em liberdade, na passada segunda-feira, depois de lhe ter sido aplicada uma fiança de 150 mil dólares, tendo a sua família pago 10 por cento, conforme o estipulado pela lei. 

Outra vítima da violência racial foi Kendrec McDade, estudante desarmado de 19 amos, que foi alvo da polícia de Califórnia no mês passado, como consequência de uma falsa denúncia de assalto à mão armada.

Fonte: HispanTV

,

Comments are closed.