Segundo Julian Assange, “Snowden será perseguido durante anos pelos EUA”

O fundador de Wikileaks, Julian Assange, mostrou o seu apoio a Edward Snowden, responsável das recentes revelações de informação secreta dos Estados Unidos, tendo também declarado que o jovem ex-técnico da Agência Central de Inteligência norte-americana (CIA), será perseguido por Washington durante os próximos anos.

Numa entrevista concedida terça-feira à cadeia televisiva ‘Russia Today’, o fundador da organização mediática internacional, famosa por diversas publicações de documentos filtrados, ao comentar sobre la contínua perseguição da justiça norte-americana para julgar Snowden, de 29 anos de idade, assegurou que as pessoas o continuarão apoiando.

Assange e Snowden

Segundo Assange, refugiado desde quase um ano na embaixada de Equador em Londres, capital do Reino Unido, há uma grande pressão policial sobre a família de Snowden em Honolulu, situado no estado norte-americano do Hawaii, durante as investigações iniciadas contra ele pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Assange, continuou afirmando que atualmente a justiça norte-americana está tentando demostrar que por-se em contacto com os meios de comunicação equivale a “comunicar-se com o inimigo”, que segundo o fundador de Wikileaks, é uma “ofensa” passível de pena de morte.

Snowden, que se fez chamar “Verax” (palabra latina que descreve um “relator da verdade”), foi acusado na passada segunda-feira de ter revelado ao diário norte-americano ‘The Washington Post’ e ao britânico ‘The Guardian’, informações sobre as agências federais norte-americanas e seus atos de espionagem nas comunicações.

Tradução: Sionismo.NET

Fonte: HispanTV e Russian Today

,

Comments are closed.