Senador dos EUA McCain viaja a Síria para apoiar terroristas.

Hoje, 27 de maio de 2013, 0 senador norte-americano John McCain visitou Síria, onde se reuniu com os líderes do autodenominado Exército Livre Sírio (ELS), que solicitaram aos EUA o envio de armas.

O porta-voz do gabinete de McCain declarou que o legislador norte-americano, procedente de Turquia, permaneceu várias horas no país árabe, tornando-se no representante dos Estados Unidos de maior estatuto político a viajar a Síria desde o início dos distúrbios em 2011.

senador estadounidense John McCain

Segundo informação transmitida pelo diário norte-americano The Daily Beast, durante o encontro mantido entre McCain e o líder terrorista, com ligações a Al-Qaeda, Salim Idris, este solicitou a Washington que lhes proporcione armamento pesado, estabeleça uma zona de exclusão aérea e bombardeie objetivos das forças armadas do governo sírio.

Além disso, Idris transmitiu o seu agradecimento ao legislador norte-americano, ao classificar a reunião com McCain de “muito útil”.

O republicano McCain pediu, em repetidas ocasiões, ao governo do presidente Barack Obama que incremente ainda mais a presença dos EUA na crise síria, armando e apoiando os grupos terroristas, além de enfatizar que para os EUA não existe uma solução ao conflito sírio que inclua o presidente Bashar al-Asad.

A viajem do representante de Estados Unidos a Síria é a reafirmação do apoio de Washington às bandas armadas, numa altura em que os recentes avanços conseguidos pelo Exército sírio colocaram os terroristas em estado crítico.

Desde março de 2011, Síria vive fortes distúrbios e matanças indiscriminadas, planificadas desde o exterior; uma situação crítica que se agudiza com o decorrer dos dias devido aos incessantes atos de violência protagonizados por diversos grupos terroristas, incluindo Al-Qaeda, que tentam derrocar o governo de Bashar al-Asad.

Tradução: SionismoNET

Fonte: HispanTV

,

Comments are closed.